Coari na Sapucaí



"Do verde de Coari vem meu gás Sapucaí"

Coari vive um momento sem igual na sua história, um momento em que, com a riqueza natural que brota de seu solo e com as mudanças na infra-estrutura do município, o desfile da Grande Rio, cujo enredo é “Do verde de Coari vem meu gás Sapucaí”, será dividido em sete segmentos e mais a abertura.

O quinto Carro: A Amazônia será apresentada no quinto segmento, através da lenda indígena dos Arauetés, os novos desbravadores que utilizam, entre outras coisas, o gás natural em grande escala, e o cuidado na produção e preservação da natureza e cujo núcleo fica próximo a Parintins.

Depois surge a Província Petrolífera de Urucu e no final a cidade de Coari e o gás que estará beneficiando a cidade e outros municípios da área da obra do gasoduto.

O projeto Piatam estará representado no último carro alegórico, dividido em três segmentos. A parte da frente terá a marca do Piatam estilizada, onde toda a parte de pesquisa hídrica e botânica estará representada em esculturas e peças cenográficas, incluindo as reproduções do Robô Ambiental Hídrido. O segundo segmento será um gasoduto estilizado e a última parte do carro trará a “Coari do futuro”, com uma mensagem final de preservação ambiental.

O que se percebe é que Coari vai passar de uma cidade desorganizada, sem estrutura de instrumentos públicos, onde padecíamos de um sistema educacional carente, sem falar na ausência de políticas sociais e de saúde pública, para um município onde podemos contar com bases sociais sólidas e com um sistema público que pelo menos se não resolve, dirime as mazelas advindas do crescimento populacional. Sem fala na grande expressão estadual e agora nacional que Coari tem. O desfile na Sapucaí exalta o nome de Coari e do gás que é um recurso natural não apenas nosso, mas do Estado.

Se na Sapucaí já cantaram tantos temas, e se é normal que as escolas apresentem estes temas todos os anos, porque não falar de Coari, e falar bem?

0 comentários: